taxa de câmbio taxa de câmbio

Como a taxa de câmbio afeta importações e exportações?

Por: | 8 de junho de 2021 |

O dólar é a moeda mais utilizada no mundo e portanto, seu valor é um assunto importante para a economia de um país. O valor varia devido à lei da oferta e da demanda, sendo que a taxa de câmbio é a diferença em relação a outras moedas. 

Entretanto, como isso afeta importações e exportações? Neste post, iremos falar da lei da oferta e da demanda, explicar tudo o que você precisa saber sobre a taxa de câmbio e como ela afeta as empresas e suas operações.

A lei da oferta e da demanda determina os preços e a quantidade sobre a produção de determinado bem ou produto. 

A demanda está envolvida com o comportamento do consumidor. Por exemplo, se certo produto fica mais barato, o poder de compra do consumidor aumenta consequentemente. Assim como quando a demanda supera a oferta de um bem ou produto, seu preço tende a subir.

Estar atento à demanda e à oferta é essencial para quem faz operações de câmbio, seja importando ou exportando, pois em ambos os casos, lidam-se com taxas de câmbio e outros fatores, o que abre brecha para pensar se tal negociação vale a pena.

O que é taxa de câmbio?

Como dito antes, a taxa de câmbio é a relação de valor entre moedas estrangeiras. O valor de uma moeda é baseado no valor da moeda nacional, no caso brasileiro, o real e a taxa de câmbio é aplicada quando ocorre compra e venda de moedas de outros países.

No dia que está sendo publicado esse texto, a taxa de câmbio para a comprar a moeda americana é de R$ 5,03. 

Vale lembrar que toda moeda, seja ela qual for, possui sua taxa de câmbio específica.

O que determina a taxa de câmbio?

Lembra da oferta e da demanda? Moedas são consideradas bens e por isso, são influenciadas por esses fatores. Voltando ao exemplo do dólar, a moeda americana é considerada forte por ser base para milhares de transações ao redor do mundo.

Além disso, outros aspectos podem fazer com que uma moeda se torne mais forte ou mais fraca. 

No Brasil, o real é bastante afetado pelo o que acontece no exterior, uma vez que o país depende de investimentos internacionais para a captação de dólares.

Devido ao contexto da pandemia e o cenário de instabilidade econômica, os investimentos em países emergentes como o Brasil diminuem justamente por conta do risco

Nos últimos meses, empresas de capital estrangeiro fizeram sua retirada do país, como a Ford. E, com menos dólares em casa, o preço sobe.

Outro regulador de peso para a política cambial é o Banco Central do Brasil, visto que ele pode comprar dólares, o que diminui a oferta e valoriza a moeda estrangeira. Como também pode vender dólares, o que aumenta a oferta e desvaloriza a moeda estrangeira. 

No último ano de 2020, por exemplo, o Banco Central do Brasil vendeu em torno US$ 25 bilhões das reservas internacionais brasileiras para segurar a taxa de câmbio no país, evitando que o dólar subisse ainda mais.

Como afeta empresas que fazem importação e exportação?

No caso do câmbio de importação, realizar uma operação no mercado internacional com o dólar em alta, acaba não sendo tão interessante. 

O mais vantajoso acontece quando o dólar está em baixa, pois assim, os produtos que chegam apresentam preços competitivos frente aos nacionais.

Quanto à exportação, o momento atual se mostra ideal para esse tipo de operação já que o dólar está em alta. Da mesma forma que o importador precisa pagar em dólar, o exportador recebe o valor na mesma moeda, portanto, é essencial que ele receba o valor sem ser taxado excessivamente.

Diante das flutuações e mudanças constantes no mercado de câmbio, o melhor negócio para sua operação de importação e exportação é confiar na B&T Corretora.

Ao contrário dos bancos, a B&T Corretora tem como prioridade o câmbio. Quando você opta por fazer negócio, sem o banco, conseguimos ter controle total sobre o valor do câmbio e do spread (diferença entre o preço de venda e compra do câmbio), permitindo maior negociação e consequentemente, podemos abaixar o preço, o que é mais vantajoso para você, cliente B&T.

Você economiza até 70% em relação aos custos de câmbio, sendo muito melhor do que fazer operação pelo banco.

Os bancos, além de cobrarem muito caro pelo serviço, não dão garantia de quando irão te atender, já que o câmbio é mais um serviço dentro de vários outros, ou seja, não é uma prioridade deles.

Na B&T, você encontra agilidade, facilidade, qualidade do serviço e ainda sem perder dinheiro. Bem melhor que banco.

Interessado em saber mais sobre a B&T? Entre agora em contato. 💚

Últimos Posts

Confira 4 dicas sobre envio e recebimento de dinheiro do exterior

Por: | 16 de fevereiro de 2024

Enviar e receber dinheiro do exterior pode ser bem mais fácil do que muitos pensam. No entanto, é importante tomar alguns cuidados na hora de fazer sua operação. Neste conteúdo, vamos te dar 4 dicas para realizar suas transferências internacionais e ter uma experiência livre de preocupações. Vamos lá? Boa leitura! 1. Escolha a melhor […]

Ler Matéria

Como se planejar para uma viagem em família?

Por: | 2 de fevereiro de 2024

Planejar uma viagem em família para o exterior pode ser muito divertido, mas envolve alguns desafios. É importante pesquisar muito bem para não ter imprevistos, além de garantir a segurança e a alegria de toda a família. Nesse artigo vamos te dar 7 dicas para acertar no seu planejamento e realizar a melhor viagem de […]

Ler Matéria

Como obter a melhor cotação na tarifa de câmbio?

Por: | 19 de janeiro de 2024

Seja para viagens, comércio ou investimento, obter a melhor cotação na tarifa de câmbio é crucial para quem precisa realizar transações internacionais. Antes de realizar qualquer operação, é importante considerar todas as opções relevantes e escolher aquela que mais se adequa à sua realidade financeira. Nesse artigo, separamos algumas dicas que podem te ajudar a […]

Ler Matéria