Tulio Portella, Diretor Comercial da B&T, concede entrevista para CNN Tulio Portella, Diretor Comercial da B&T, concede entrevista para CNN

Em entrevista para CNN, Tulio Portella, Diretor Comercial da B&T, fala sobre a queda do dólar e procura pela moeda

Por: | 11 de março de 2022 |

O dólar teve uma de suas maiores quedas em muito tempo. Na última quarta-feira, dia 9 de março, o dólar comercial foi fechado para venda pelo valor de R$ 5,011. Uma queda relativa a 0,84%.

Vale destacar que, durante a maior parte do dia, o dólar comercial chegou a operar abaixo dos R$ 5,00. Já o dólar turismo caiu 0,96% e foi cotado em R$5,20 com o valor do IOF (Imposto de Operações Financeiras).  

Como reação, muitas pessoas e investidores aproveitaram para comprar a moeda americana e muitas casas de câmbio sentiram o impacto nas vendas.

Em fevereiro deste ano, em comparação ao mesmo período no ano passado, a B&T registrou um aumento de 275% no volume de vendas do dólar americano.

Destaca-se que, no ano passado, muitas fronteiras estavam fechadas e poucos turistas conseguiram viajar. De acordo com a Fecomércio SP, o setor de turismo caiu 3,1% no primeiro semestre de 2021 em relação a 2020. Para 2022, a tendência já se mostra mais positiva.

Com a abertura de fronteiras, o avanço da vacinação e a queda do dólar, a tendência para 2022 já se mostra mais positiva.

Tulio Portella, Diretor Comercial da B&T, em entrevista para a CNN Brasil, explicou sobre as razões para a queda do dólar e valorização do real. 

De acordo com ele, por conta do aumento da taxa de juros no Brasil, os investimentos e capitais estrangeiros cresceram no país, o que valorizou a moeda brasileira diante do dólar e de outras moedas estrangeiras.

O euro, por exemplo, também foi influenciado pela queda do dólar. O euro comercial chegou ao valor de R$ 5,50, o qual representou o menor valor da moeda desde o início da pandemia.

A moeda americana já acumula queda de 2,81% para o mês de março. Para 2022, o recuo do dólar já chega a 10,14%.

Confira aqui a entrevista completa da B&T Câmbio para a CNN Brasil.

Tulio Portella, Diretor Comercial da B&T Câmbio, concede entrevista para a CNN Brasil.

Faça sua operação de câmbio na B&T

A B&T Câmbio é uma referência no mercado e já atendeu mais de 1 milhão de pessoas e mais de 12 mil empresas. 

Somos a maior corretora de câmbio do Brasil e contamos com uma ampla rede de lojas de câmbio espalhadas por todas as regiões do país, próprias e de correspondentes. 

Por meio da atuação em produtos e serviços de câmbio comercial e turismo, a empresa cobre 189 países e oferece soluções para pessoas físicas e jurídicas com eficiência, segurança e qualidade.

Entre em contato com a nossa equipe, acesse aqui.

Últimos Posts

Boletim B&T Câmbio – Julho

Por: | 15 de julho de 2024

Visão de Especialista Com Tulio Portella – Diretor Comercial da B&T B&T e XP: parceria transformadora para o mercado de câmbio. A união entre as marcas B&T Câmbio e XP Inc. representa um marco no mercado de câmbio brasileiro e vai beneficiar a todos: os clientes, o mercado e o país como um todo. Esta […]

Ler Matéria

Veja 4 vantagens ao internacionalizar a sua empresa

Por: | 8 de julho de 2024

Existem muitos motivos que levam um empresário à internacionalização de sua empresa. A necessidade de manter o negócio competitivo no mercado e alcançar um crescimento sustentável tem sido um grande motivo para levar as empresas para o exterior. Sabemos que expandir para fora do país pode parecer desafiador, mas existem muitas vantagens também. Neste artigo, […]

Ler Matéria

Contratar um seguro-viagem é obrigatório?

Por: | 1 de julho de 2024

Viajar é uma das melhores experiências que podemos ter. Conhecer novos lugares, culturas e pessoas amplia nossos horizontes e nos proporciona momentos inesquecíveis. Porém, sabemos que imprevistos podem acontecer, e é aí que entra a importância do seguro-viagem. Mas, afinal, o seguro-viagem é obrigatório? A resposta é: depende do destino e do tipo de viagem. […]

Ler Matéria