comprar um imóvel na Itália comprar um imóvel na Itália

Como comprar um imóvel na Itália?

Por: | 8 de dezembro de 2021 |

Comprar uma casa na Itália é o sonho de muitas pessoas que decidem se mudar para o país ou planejam viajar para a Europa por um longo período. Há negócios para diversos tipos de orçamento e opções.

Entretanto, muitas pessoas não sabem como funciona o processo para adquirir um imóvel na Itália e como efetuar o pagamento.

Se você está buscando mais informações sobre isso, chegou no lugar certo. Acompanhe o conteúdo e boa leitura!

Os primeiros passos: como comprar uma casa na Itália

A Itália é um país com muitas opções para quem planeja comprar uma casa ou um apartamento. Em algumas cidades italianas como Calatafimi-Segesta, em Trapani, na Sicília, é possível adquirir imóveis por 1 euro.

A proposta inusitada, que chamou atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo, foi trazida pela prefeitura da cidade com o objetivo de revitalizar a região e movimentar a economia local com a chegada de novos moradores.

Além disso, pode ter imóveis em valores diferentes e em outras condições, e isso tem relação com o que você busca. Então, o primeiro passo é definir seu objetivo de compra e também em qual região você planeja morar.

Após essa etapa, é necessário buscar informações em sites de imobiliárias na Itália e encontrar o imóvel ideal para você. 

Geralmente, essa etapa pode demorar e se você estiver distante na hora do fechamento do negócio, é recomendado contar com a assessoria da imobiliária para evitar golpes.

Conheça 6 dicas para quem pretende morar no exterior.

Quanto custa comprar um imóvel na Itália? 

Como vimos pode custar 1 euro, mas o valor médio de um imóvel na Itália com dois quartos e uma sala é de 130 mil euros. Vale lembrar que o valor depende também de cada região e para isso, avaliar o custo e estilo de vida daquele local é importante para evitar sustos ao viajar para o país após decisão.

Em Milão, por exemplo, um apartamento pode custar de 300 mil euros a 630 mil euros por metros quadrados em uma região central. Já em áreas mais afastadas, o valor seria de 141.300 mil euros a 270.000 mil euros.

Em Roma, uma das mais conhecidas cidades italianas, um apartamento pode custar entre 240 mil euros a 600 mil euros por metros quadrados, e fora da região central, o valor fica entre 120 mil euros a 300 mil euros.

Turim, famosa pela arquitetura, pela proximidade com os Alpes e a incrível gastronomia, também atrai turistas do mundo todo. Para comprar um apartamento no centro da cidade, é necessário desembolsar entre 180 mil euros a 270 mil euros. Em outras regiões afastadas do centro, os valores de compra ficam entre 66 mil euros a 180 mil euros.

Em Verona, palco da peça de Romeu e Julieta, escrita por William Shakespeare, para comprar um apartamento no centro da cidade, você precisa ter entre 72 mil euros a 180 mil euros. Para quem planeja sair da região central, os valores podem variar entre 60 mil euros a 108 mil euros.

Como se preparar para uma viagem internacional com a Europa Câmbio. Confira!

Uma observação é que, além do preço do imóvel, o comprador tem que arcar com os impostos e taxas de cada imóvel. No caso de uma casa ou apartamento novo acresce o valor 10% a 20%, em imóveis construídos independentemente é acrescido o valor de 4%, e no caso de imóveis antigos, o valor é de 20%.

Veja como comprar euro mais barato para sua viagem.

Quais documentos são necessários?

Se você é estrangeiro e planeja comprar um imóvel na Itália, é preciso que você tenha os seguintes documentos:

  • Passaporte
  • Visto de permanência 
  • Fazer o depósito de garantia de 10% a 30% do valor total do imóvel
  • Comprovante de residência e renda
  • Codice Fiscale: Identificação da pessoa física, de contribuinte do fisco. Pode ser solicitado de forma gratuita
  • Ter o valor total do imóvel

Com todos os documentos apresentados é hora de formalizar a compra do imóvel com a assinatura do Rogito (escritura) frente a um notário para que tudo ocorra em conformidade com a lei. 

Em alguns casos, também é recomendado que uma conta bancária seja aberta na Itália. Para esse objetivo, basta usar os mesmos documentos usados para a compra do imóvel.

Saiba como comprar uma casa na Europa neste post.

Como transferir dinheiro para a Itália?

Comprar um imóvel exige que seja enviado o dinheiro para a transação. Isso pode ser feito tanto para a sua conta bancária na Itália, como também para a conta de outra pessoa.

Muitas pessoas pensam no banco, mas a verdade é que essa operação pode sair mais cara, visto que essas instituições cobram taxas altas para esse tipo de transferência.

Na B&T Câmbio, você pode transferir o seu dinheiro com facilidade e com uma economia de até 70% considerando taxa, cotação e spread (preço de compra e venda do câmbio).

A B&T tem como prioridade o câmbio, quando você opta por fazer negócio, sem o banco, conseguimos ter controle total sobre o valor do câmbio, permitindo maior negociação e consequentemente, podemos abaixar o preço, o que é mais vantajoso para você, cliente.

Entre em contato com a nossa equipe e receba todo o suporte para a compra do seu imóvel na Itália. Somos especialistas em operações financeiras para o exterior e usamos tecnologia em nossos produtos e serviços, o que garante agilidade para você e a sua operação.

Junte-se aos mais de 1 milhão de clientes da B&T Câmbio. Acesse aqui para falar com um de nossos especialistas.

Últimos Posts

Como minimizar o impacto das variações cambiais em viagens internacionais

Por: | 14 de maio de 2024

Viajar para o exterior é uma experiência incrível, mas as flutuações cambiais podem ser uma preocupação constante para os viajantes. A volatilidade das moedas estrangeiras pode afetar o custo total da viagem, sendo assim, é importante adotar estratégias para minimizar esses impactos. Neste artigo vamos falar sobre o impacto das variações cambiais em suas viagens […]

Ler Matéria

Boletim B&T Câmbio – Maio

Por: | 6 de maio de 2024

Visão de Especialista Com Bruno Nascimento – Analista de Câmbio da B&T Três fatores que têm influenciado o equilíbrio do dólar Após um período de certa estabilidade, com a moeda norte-americana oscilando entre R$4,90 e R$5,00, o mês de abril foi marcado por uma disparada do dólar, que chegou a encostar em R$5,30. Neste artigo, […]

Ler Matéria

Por que diversificar investimentos em moedas estrangeiras?

Por: | 29 de abril de 2024

Diversificar investimentos é uma estratégia muito recomendada por especialistas do mercado financeiro para reduzir riscos e aumentar as oportunidades de retorno. Se você deseja diversificar seus ganhos, precisa entender as vantagens de investir no exterior, para que então encontre mais opções de investimentos rentáveis. Quando se trata de diversificação de carteira, uma das áreas que […]

Ler Matéria