Veja as perspectivas para o dólar Veja as perspectivas para o dólar

O que esperar do dólar? Veja as perspectivas para a moeda americana

Por: | 9 de maio de 2022 |

O ano de 2022 surpreendeu pela forte queda na moeda americana no primeiro trimestre. O acumulado de queda em 20 de abril já chegava a 17,14% no ano quando o dólar foi cotado a R$ 4,60 e encerrou o dia em R$ 4,62.

Entretanto, no dia 2 de maio, o dólar voltou a subir e chegou a R$ 5,0072. No dia 05 de maio, a moeda teve um aumento de 2,38%.

Essa revalorização vem depois de um período de queda que recebeu destaque no cenário financeiro.

Mas com o recente aumento do dólar, o que podemos esperar de agora em diante e quais serão as perspectivas para a moeda americana? 

Para saber mais sobre esse tema, continue acompanhando este conteúdo.

A queda do dólar no primeiro trimestre de 2022

No dia 31 de janeiro, o dólar fechou em queda de quase 5% para o acumulado do primeiro mês do ano e foi cotado a R$ 5,30. No dia 23 de fevereiro, o dólar caiu ainda mais e chegou a R$ 5,00. O que foi considerado o menor valor desde o final de junho de 2021.

No mês de março, a moeda encerrou o mês custando R$ 4,76, com queda de 7,63% ao mês. O dólar continuou seu movimento de queda em abril e no dia 14, mesmo após leve alta, fechou em R$ 4,69.

O porquê da queda acentuada, considerada a maior para o primeiro trimestre em 13 anos, pode ser explicada, entre outros fatores, pelo aumento da taxa Selic, o que atraiu capital estrangeiro para o país e valorizou o real.

Outro aspecto foi relacionado às commodities, visto que com a guerra da Ucrânia e a pandemia, o Brasil foi favorecido, pois é um dos grandes produtores mundiais.

No entanto, no dia 28 de abril, a cotação de R$ 4,94 refletiu o acumulado em alta de 2,84% em relação a semana e 3,85% no mês. Entre os motivos para esse resultado estariam as especulações de investidores e a volatilidade por conta do fechamento da taxa Ptax no final do mês.

Já o mês de maio começou com o dólar se aproximando e chegando a R$ 5,00, ou seja, não caindo tanto como antes

Perspectivas para o dólar

Mas o que estaria fazendo o dólar aumentar novamente? O Fed, o banco central dos Estados Unidos, como tentativa para controlar a inflação que atinge o país aumentou a taxa de juros em 0,5% ponto percentual, em uma faixa de 0,75% a 1,0% ao ano.

Dessa forma, as taxas de juros dos títulos dos Estados Unidos subiram. Por exemplo, o título do governo de dez anos alcançou 3% ao ano (a.a) depois de quatro anos. 

Assim, com a expectativa para o aumento do FED Funds, os fundos federais, a reação dos investidores foi retornar com o capital para os Estados Unidos, o que fortaleceu a moeda americana.

Outro motivo é relacionado à China, visto que com o avanço da Covid-19 e o movimento do governo para fechar cidades para conter a doença, afeta empresas de commodities brasileiras e faz com que investidores retirem capital da bolsa. Além de afastar o mercado das economias emergentes.

Com as eleições presidenciais no Brasil se aproximando, a polarização e a tendência de permanência de alta nos juros nas taxas norte-americanas, o cenário pode se mostrar incerto para o dólar continuar abaixo ou permanecer na faixa dos R$ 5,00 por mais tempo.

Por isso, é importante aproveitar esse momento para fazer suas operações de câmbio e comprar dólar. Se você deseja não perder essa oportunidade, entre em contato com a nossa equipe e faça sua operação de câmbio hoje mesmo.

Conheça a B&T

A B&T Câmbio é a maior corretora de câmbio do Brasil e atua em operações financeiras entre o Brasil e o exterior como pagamentos e transferências internacionais, comércio exterior e compra de moedas estrangeiras. Já atendemos mais de 12 mil empresas e mais de 1 milhão de pessoas.

Temos a garantia de um serviço otimizado feito por quem entende realmente do assunto e ainda com uma economia de até 70% nos custos de câmbio.

Entre no nosso site agora mesmo e descubra a solução ideal para você.

Últimos Posts

Boletim B&T Câmbio – Julho

Por: | 15 de julho de 2024

Visão de Especialista Com Tulio Portella – Diretor Comercial da B&T B&T e XP: parceria transformadora para o mercado de câmbio. A união entre as marcas B&T Câmbio e XP Inc. representa um marco no mercado de câmbio brasileiro e vai beneficiar a todos: os clientes, o mercado e o país como um todo. Esta […]

Ler Matéria

Veja 4 vantagens ao internacionalizar a sua empresa

Por: | 8 de julho de 2024

Existem muitos motivos que levam um empresário à internacionalização de sua empresa. A necessidade de manter o negócio competitivo no mercado e alcançar um crescimento sustentável tem sido um grande motivo para levar as empresas para o exterior. Sabemos que expandir para fora do país pode parecer desafiador, mas existem muitas vantagens também. Neste artigo, […]

Ler Matéria

Contratar um seguro-viagem é obrigatório?

Por: | 1 de julho de 2024

Viajar é uma das melhores experiências que podemos ter. Conhecer novos lugares, culturas e pessoas amplia nossos horizontes e nos proporciona momentos inesquecíveis. Porém, sabemos que imprevistos podem acontecer, e é aí que entra a importância do seguro-viagem. Mas, afinal, o seguro-viagem é obrigatório? A resposta é: depende do destino e do tipo de viagem. […]

Ler Matéria